RADAR DO DIA: Atenção para debate presidencial nos EUA e política no Brasil

Último debate presidencial nos EUA, discussão sobre pacote de estímulos fiscais e política brasileira agitam o mercado financeiro

254

São Paulo – Os mercados iniciaram o dia em queda devido ao ritmo lento das negociações sobre o pacote fiscal nos Estados Unidos e de olho no último debate entre Donald Trump e Joe Biden antes das eleições presidenciais.

Ontem, o governo norte-americano fez um leve ajuste em sua proposta de estímulos em uma tentativa de convencer os democratas de liberar os recursos antes das eleições de 3 de novembro.

De acordo com o chefe de gabinete da Casa Branca, Mark Meadows, a oferta nova passou de US$ 1,8 trilhão para US$ 1,9 trilhão. A oposição aprovou de maneira simbólica um plano de US$ 2,2 trilhões.

No Brasil, o destaque vai para a polêmica em torno da compra da vacina CoronaVac. Em rede social, o presidente Jair Bolsonaro disse que não compraria a vacina sem uma validação do Ministério da Saúde e também da Anvisa.

No campo da política, O plenário do Senado Federal aprovou há pouco, por 57 votos favoráveis a 10 contrários, o relatório do senador Eduardo Braga (MDB) a indicação do juiz Kassio Marques Nunes ao Supremo Tribunal Federal (STF). Essa é a primeira indicação do presidente da República, Jair Bolsonaro, para o cargo de ministro do Supremo.

Na agenda do dia, investidores devem ficar atentos a uma nova conversa sobre o pacote norte-americano e indicadores como os pedidos de seguro-desemprego, índice de indicadores antecedentes e vendas de imóveis nos Estados Unidos.

Em âmbito corporativo, a CVC suspendeu assembleias que discutiriam questões relacionadas à emissão e venda de debêntures da empresa, em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A Eletrobras informou que sua controlada Eletronuclear aprovou um aumento do capital social de R$ 1,9 bilhão, por meio da conversão de créditos de adiantamentos para futuro aumento de capital (AFAC) e de financiamento, nos valores de R$ 850 milhões e R$1 bilhão, respectivamente, ambos pertencentes à Eletrobras.

A BRF disse que a unidade de abate de frangos em Carambeí, no Paraná, passará por ajustes operacionais e receberá obras de modernização a partir do dia 16 de novembro e, por isso, terá suas atividades paralisadas a partir dessa data até 5 de dezembro.

A Equatorial Energia e sua subsidiária Equatorial Transmissora SPE 8 colocaram em operação em 15 de outubro o compensador síncrono da subestação Tapajós, que corresponde a 14,9% do total da SPE 08, ou R$ 20,6 milhões em receita anual permitida (RAP). Com isso, a SPE08 se tornou 100% operacional, com RAP total de R$ 145 milhões.

A Engie foi intimada da decisão liminar que suspende a execução das obras dos grupos 1 e 2 do sistema de transmissão de energia elétrica Gralha Azul e, por isso, suspendeu os trabalhos nestes circuitos.

A EDP e as fabricantes Audi, Porsche e Volkswagen inauguraram um carregador ultrarrápido público na cidade de Caraguatatuba, em São Paulo, com capacidade para abastecer três veículos elétricos simultaneamente em um tempo médio de 15 minutos para 100 quilômetros de autonomia.