RADAR DO DIA: Atenção à reforma tributária na Câmara e falas de Lula no Paraguai; nos EUA, de olho na inflação e no Fed

56

São Paulo – Na Europa, as bolsas abriram em alta após a eleição na França com avanço da esquerda, mas com um parlamento dividido e sem maioria clara.

Os índices futuros americanos abriram estáveis. Hoje, saem dos dados de crédito ao consumidor de maio, às 16h pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano). A previsão é de US$ 8,65 bilhões.

Nesta semana, nos Estados Unidos, os investidores acompanham o depoimento do presidente do Fed, Jerome Powell, no Congresso, e falas de outros membros da autoridade monetária, além de dados da inflação, avaliando o início de um possível corte dos juros em setembro. A eleição presidencial, com ou sem Joe Biden, e os resultados dos principais bancos também estão entre os destaques.

Segundo analistas, os dados de emprego divulgados na sexta-feira nos Estados Unidos mostraram um mercado de trabalho se equilibrando. “A despeito da alta acima do esperado do emprego (206 mil vs 190 mil), houve uma forte revisão do emprego dos meses anteriores, o que levou o número agregado dos últimos três ficar 111 mil abaixo do anteriormente divulgado. Desemprego e ganhos por hora também tiveram leve aumento, em linha com as expectativas. O reequilíbrio do mercado de trabalho pode trazer espaço para o Fed começar com o corte de juros”, afirma a XP, em boletim matinal.

Na China, as bolsas caíram, atingindo níveis mais baixos desde fevereiro e abril, respectivamente, à medida que a economia demonstra dificuldade em crescer a despeito dos estímulos.

Por aqui, uma sessão no plenário da Câmara dos Deputados foi convocada hoje pelo presidente da casa legislativa, Arthur Lira, para acelerar a votação da reforma tributária. Lula participa da reunião da Cúpula do Mercosul no Paraguai e os investidores acompanham suas falas.

A agenda do dia também terá a divulgação da pesquisa Focus do Banco Central, que pode apontar uma nova alta nas expectativas de inflação e de taxa de câmbio. Destaque para a divulgação do IPCA de junho na quarta-feira e das pesquisas mensais do comércio e de serviços na quinta e sexta-feira, respectivamente.

O Ibovespa fechou a semana em alta de 1,9% em reais, pela terceira semana consecutiva no azul, com altas em todos os pregões, e subindo 3,5% em dólares, aos 126.267 pontos.

O principal destaque positivo da semana foi Vamos (VAMO3, +18,9%), impulsionada pelo fechamento da curva de juros. O principal destaque negativo foi Suzano (SUZB3, -4,0%), pressionada pelo recuo do dólar.

CORPORATIVO

O conselho de administração da Eletrobras aprovou novo programa de recompra de ações ordinárias e preferenciais.

O Itaú Unibanco informa que Gabriel Amado de Moura, atual CEO do Banco Itaú Chile, assumirá a função de diretor de Finanças (CFO) da companhia, em substituição a Alexsandro Broedel Lopes, que tomou a decisão de deixar a organização para assumir desafios fora do país. Gabriel passará a integrar o Comitê Executivo da companhia. André Carvalho Whyte Gailey, atual CEO do Banco Itaú Uruguai, assumirá o cargo de CEO do Banco Itaú Chile. Agustin Tafernaberry Elorza assumirá o cargo de CEO do Itaú Uruguai. O processo de transição inicia-se imediatamente, com finalização prevista em 1º de outubro, sujeito às aprovações regulatórias necessárias.

Na semana passada, o ministério de Minas e Energia (MME) destacou o papel do etanol na agenda de descarbonização do Brasil durante participação no Painel Magno do 17º Congresso Nacional da Bioenergia, em Araçatuba (SP), na terça-feira (2/7). O evento, organizado pela União Nacional da Bioenergia (UDOP), reúniu profissionais de usinas e destilarias, pesquisadores, autoridades do setor energético e outros públicos de interesse para dois dias de discussão sobre temas que envolvem transição energética, meio ambiente e tecnologia.

A TIM informa que Elisabetta Paola Romano apresentou à companhia sua renúncia ao cargo de membro do conselho de administração e que o colegiado tratará oportunamente da nomeação de um substituto para o cargo.

A Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) aprovou na semana passada o projeto de lei que busca incentivar e promover a produção de matéria-prima pela agricultura familiar e sua inserção na cadeia produtiva do biodiesel. De autoria do senador Jader Barbalho (MDB-PA), o PL 5.927/2023 foi relatado pelo senador Sergio Moro (União-PR) e será encaminhado à Comissão de Meio Ambiente (CMA), onde será apreciado em caráter terminativo. Ou seja, se aprovado na CMA, não será submetido a votação do Plenário, a menos que haja requerimento nesse sentido.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) prevê expansão de 4,7% da carga no Sistema Interligado Nacional (SIN) e em todos os subsistemas em julho, para 73.635 MW médios. O boletim do Programa Mensal de Operação (PMO) da semana operativa entre os dias 6 e 12 de julho indica Energia Natural Afluente (ENA) abaixo das médias históricas para o período tipicamente seco em curso. A maior ENA deve ser registrada no Sul, podendo chegar a 114% da Média de Longo Termo (MLT). Para os demais subsistemas, as perspectivas estão abaixo da MLT: 55% para o Sudeste/Centro-Oeste, 50% para o Norte e 41% para o Nordeste.