RADAR DO DIA: Atenção à inflação nos EUA, lockdowns e vencimento de opções

São Paulo – O destaque do dia é a divulgação dos dados da inflação nos Estados Unidos, às 10h30 de Brasília. A expectativa é de alta de 7% em 2021, a maior em 40 anos.

Os investidores também devem repercutir as falas do presidente do FED, Jerome Powell. que ontem indicou que o banco central norte-americano atuará para conter a inflação, elevando gradualmente as taxas e sem prejudicar a geração de empregos.

O mercado também monitora novas restrições pelo avanço da pandemia, como na China, que anunciou diversos lockdowns. O país asiático também divulgou dados que indicaram arrefecimento da inflação em dezembro.

Por aqui, o mercado ainda digere os dados da inflação acima da média no Brasil e o vencimento de opções sobre Ibovespa, na B3.

No âmbito corporativo, a A Via celebrou contrato de aquisição de 100% do capital social da logtech CNT, para acelerar a oferta de serviços de logística para comércio eletrônico.

A Embraer, por meio de sua subsidiária Embraer Portugal, assinou contrato no dia 11 de janeiro para vender a totalidade da participação societária em suas subsidiárias integrais Embraer Portugal Estruturas Metálicas (EEM) e Embraer Portugal Estruturas em Compósitos (EEC) para a Aernnova Aerospace, SAU, sediada na Espanha, por US$ 172 milhões, sujeito a ajustes até o fechamento da transação, informou, em comunicado.

O conselho de administração da CCR aprovou a realização de uma oferta pública de distribuição com esforços restritos de debêntures simples, emitidas em duas séries pela companhia, no valor total de R$ 3,416 bilhões, com prazo de vencimento de sete e 14 anos (2029 e 2036), informou, em comunicado divulgado ontem (11).

A Eletrobras disse que pretende pedir à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e à Securities and Exchange Comission (SEC, órgão equivalente à Comissão de Valores Mobiliários nos Estados Unidos) o registro para uma oferta pública global de distribuição de ações ordinárias e de american depositary receipts (ADRs, recibos de ação de empresas estrangeiras negociados na Bolsa de Valores de Nova York) de emissão da companhia, no segundo trimestre deste ano, que faz parte de seu plano de capitalização.

O conselho de administração da Positivo Tecnologia aprovou a realização de uma oferta pública de distribuição com esforços restritos de debêntures simples emitidas pela companhia, de até R$ 350 milhões, com prazo de vencimento de quatro anos. Os recursos serão destinados ao reforço de caixa da companhia, informou, em comunicado divulgado ontem (11).

O Banco do Brasil precificou, em 6 de janeiro, a captação de dívida sênior de US$ 500 milhões, do tipo “social bond”, anunciada em 7 de janeiro, com vencimento em 11 de janeiro de 2029 e cupom de 4,875% ao ano, por meio de sua agência de Grand Cayman, e informou que a liquidação financeira ocorreu ontem (11), em comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).