RADAR DO DIA: Ata do Fed e Pazuello na CPI

Foto: energepic.com / Pexels

São Paulo – A divulgação da ata da mais recente reunião do banco central dos Estados Unidos, prevista para as 15h, mantém o mercado financeiro mundial em clima de cautela e as bolsas em baixa no exterior. Os investidores querem saber se há algum sinal de que haverá redução dos estímulos à economia em resposta ao fortalecimento da inflação.

Tanto o banco central dos Estados Unidos quanto os de outras grandes economias afirmam reiteradamente que isso está longe de acontecer, mas o mercado acha difícil acreditar. Dados do Reino Unido apontando que a inflação em abril foi o dobro da observada em março contribuíram para o ceticismo.

Vale destacar também a desvalorização das criptomoedas hoje após o banco central da China advertir contra o uso destes ativos em transações.

No Brasil, o destaque do dia será o depoimento do ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Pandemia. A expectativa é de que ele não responda às perguntas.

A Câmara dos Deputados pode votar hoje a medida provisória que viabiliza a privatização da Eletrobras (MP 1031/21). A sessão do Plenário está marcada para às 13h55 (de Brasília). O modelo de privatização prevê a emissão de novas ações a serem vendidas no mercado sem a participação da empresa, resultando na perda do controle acionário de voto mantido atualmente pela União.

A Polícia Federal (PF) conduz uma operação (Akuanduba) para investigar crimes de corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando praticados por agentes públicos e empresários do ramo madeireiro. Cerca de 160 policiais federais cumprem 35 mandados de busca e apreensão, no Distrito Federal e nos Estados de São Paulo e Pará. As medidas foram determinadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Em âmbito corporativo, a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) informou que o mercado livre de energia fechou o mês de abril com 9.117 consumidores, um crescimento de 20% quando comparado com o fim do mesmo período de 2020.

O conselho de administração da Companhia Paranaense de Energia (Copel) aprovou, em reunião realizada em 5 de maio, a Carta Anual de Políticas Públicas e de Governança Corporativa 2020, conforme previsto na Lei das Estatais.

A Minerva disse que, em relação à suspensão temporária, por 30 dias, das exportações de carne bovina na Argentina, aguarda a publicação oficial, com mais detalhamento quanto às medidas propostas pelas autoridades do país.

A Ultrafarma assinou contrato com a Pague Menos para vender a Extrafarma por R$ 700 milhões. O valor está sujeito a ajustes em razão, principalmente, das variações de capital de giro e da posição da dívida líquida da Extrafarma na data de fechamento da transação, disse a companhia, em fato relevante ao mercado.

O conselho de administração da Telefônica Brasil aprovou a proposta de indicação de Ricardo Pedreti Chagas ao cargo de diretor de atacado, em substituição a Leo Ivan Petersen Junior, que renunciou.

A agência de classificação de risco Moody’s afirmou o rating de emissor da Suzano em Baa3 e manteve a perspectiva estável.

O preço do aluguel na cidade de São Paulo registrou leve queda de 0,5% em abril em relação a março e alta de 2,91% entre maio de 2020 e abril de 2021, de acordo com o Sindicato da Habitação (Secovi-SP).