RADAR DO DIA: Acordo entre EUA e China deve pesar

296

São Paulo – O primeiro pregão da semana deve ser positivo, embora os últimos acontecimentos no Oriente Médio possam de alguma forma acirrar a tensão. Porém, a proximidade da assinatura do acordo comercial entre Estados Unidos e China, previsto para quarta-feira (15), deve dar o tom dos mercados.

No sábado (11), o Estado Maior das Forças Armadas do Irã admitiu que, por um erro humano, um míssil lançado pelo seu próprio exército derrubou o avião Boeing 737 que matou 176 pessoas. A confissão levou a uma série de protestos contra o governo iraniano.

A reação foi imediata do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que pediu para o Irã minimizar as ações violetas no país e diz que está ao lado do povo iraniano desde o início do seu governo.

A proximidade da assinatura do acordo entre Estados Unidos e China faz os futuros de Nova Iorque operarem no terreno positivo, assim como as bolsas asiáticas fecharam em alta nesta segunda-feira. Na Europa, por sua vez, os mercados operam perto da estabilidade de olho no mercado interno.

Por aqui, o presidente Jair Bolsonaro continua sem agenda oficial. Na sexta-feira (10), eu seu Twitter, ele disse que determinou um estudo, em regime de urgência, sobre criar a possibilidade de criar locais especializados para encher os botijões de gás.

Além disso, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, afirmou em entrevista ao jornal “O Estado de S.Paulo” que vê problemas técnicos graves no juiz de garantias, aquela incluída no pacote anticrime pelo Congresso.

Em relação aos indicadores, os economistas ouvidos pelo Banco Central (BC), no relatório de mercado Focus, revisaram a previsão para a inflação oficial para 2020 medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) segunda vez seguida, passando de 3,60% para 3,58%. Para o PIB, a estimativa segue em 2,30% para este ano.

EMPRESAS

A Petrobras Distribuidora recebeu na sexta (10) seu primeiro rating corporativo, avaliado em Ba1, atribuído pela agência de risco Moody’s, com perspectiva estável.

A Braskem informou que teve o montante de R$ 3,7 bilhões restituído ao caixa, sendo que R$ 1,7 bilhão foi transferido para uma conta bancária específica para o custeio do programa de compensação e realocação, conforme estabelecido no acordo com a Defensoria Pública do Estado de Alagoas, o Ministério Público Federal, o Ministério Público do Estado de Alagoas e a Defensoria Pública da União.

A Sendas Distribuidora, controlada pelo Pão de Açúcar, firmou com a Greenyellow Serviços e Comercialização de Energia dois contratos para compra de energia elétrica no mercado livre, com desconto de 50% na tarifa de uso do sistema, para abastecer lojas do Assaí.

O Fleury afirmou que concluiu a operação de compra de 100% das ações da Diagmax Participações por R$ 80,3 milhões, após atingir todas as tratativas necessárias, entre elas a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

A Pré-Sal Petróleo (PPSA), empresa responsável pela gestão dos contratos de partilha de produção, disse que arrecadou aproximadamente R$ 848 milhões em recursos em 2019, referentes à comercialização dos contratos de partilha de produção e a equalização de gastos e volumes das jazidas compartilhadas de Sapinhoá, Tartaruga Verdade e Lula.

A B3 iniciou as negociações do fundo imobiliário Santander Renda de Aluguéis (SARE11), gerido pela Santander Asset Management.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) vai fazer, nesta segunda-feira (13), a primeira sessão pública da audiência pública para colher sugestões e contribuições às minutas de edital e contrato, ao programa de exploração da rodovia e aos estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental, para concessão do Sistema Rodoviário Rio de Janeiro – São Paulo.

A Qualicorp recebeu uma comunicação do banco Morgan Stanley informando que suas participações alcançaram, de forma agregada, 13.633.707 ações ordinárias, representando aproximadamente 4,8% das ações ordinárias emitidas pela companhia.

O Grupo Pão de Açúcar afirmou que não comentará as notícias de que teria colocado à venda sua rede de postos de combustíveis, segundo o informou uma fonte ao site “Brazil Journal”. A ideia do grupo é focar no varejo de alimentos.

As usinas termonucleares de Angra 1 e 2 operaram com os maiores fatores de capacidade das usinas geradoras de energia no Brasil: 98,21% e 89,38%, respectivamente, no ano de 2019. Foi a produção efetiva de uma usina em relação à capacidade total de geração da unidade.