RADAR: Atenção a ações de Localiza e Unidas e dados da Europa

193

São Paulo – Os dados positivos sobre a indústria da Europa – em particular a da Alemanha – e apostas de que os governos serão mais comedidos nas medidas de isolamento para conter a pandemia de covid-19 ajudam as bolsas europeias e os futuros de índices de ações dos Estados Unidos a operarem em alta.

Apesar disso, o noticiário também traz elementos negativos, entre eles a queda na atividade do setor de serviços europeu e a continuidade da segunda onda da covid-19 em alguns países.

No radar de hoje temos mais um dia de comentários do presidente do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, em audiência na Câmara dos Deputados norte-americana. A expectativa é de que ele repita o que já disse ontem: que a economia precisa de muita liquidez.

No Brasil, temos os dados preliminares sobre a inflação às 9h – a expectativa é de uma taxa de 0,38% no mês, a maior para setembro desde 2015.

Em âmbito corporativo, a Localiza fechou um acordo de R$ 2 bilhões para incorporar a Unidas numa operação que envolverá apenas ações. Após a transação, os acionistas da Unidas teriam 23,15% do capital votante na Localiza.

A Assembleia Geral Extraordinária (AGE) do Magazine Luiza para votar sobre o desdobramento de ações da companhia acontecerá em 7 de outubro às 16h de forma virtual, segundo comunicado enviado pela companhia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os acionistas da Ultrapar, em assembleia geral extraordinária, elegeram Alexandre Teixeira de Assumpção Saigh para ocupar uma vaga no conselho de administração da companhia até a assembleia geral ordinária de 2021. A companhia também aprovou o aumento do número de membros do colegiado, de dez para onze membros.

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) pagará R$ 120 milhões em juros sobre o capital próprio (JCP), correspondentes a R$ 0,07904259285 por ação, em duas parcelas iguais, até 30 de junho de 2021 e até 30 de dezembro de 2021, aos detentores de papéis da companhia no dia 25 de setembro.

A CVC disse que os recursos obtidos na recente capitalização de R$ 700 milhões feita pela companhia serão utilizados na digitalização da companhia e integração dos negócios O Banco do Brasil confirmou a nomeação de André Guilherme Brandão na presidência da instituição, pelo presidente Jair Bolsonaro.