Produção da Petrobras no campo de Búzios alcançará 2 mi de barris/dia até 2030

A unidade é o principal ativo da estatal e responsável atualmente por cerca de 27% da produção de óleo da companhia no Brasil

139

São Paulo – O campo de Búzios deve chegar ao final da década com a produção diária acima de 2 milhões de barris de petróleo por dia, segundo a Petrobras. A unidade é o principal ativo da estatal e responsável atualmente por cerca de 27% da produção de óleo da companhia no Brasil.

Segundo o gerente executivo da Petrobras Marcio Kahn, até o final de 2030 estarão operando 12 unidades de produção, com a inclusão nos próximos anos de oito novos FPSOs ao atual quadro de 4 unidades já em operação (P-74, P-75, P-76 e P-77).

Segundo o executivo, as plataformas P-78 e P-79, previstas para iniciar operação em Búzios em 2025, representam a chamada nova geração de FPSOs de alta capacidade da companhia, incorporando as lições aprendidas nos FPSOs já instalados no pré-sal, incluindo aspectos de contratação e construção.

Somadas, as duas novas unidades acrescentarão a capacidade de 360 mil barris por dia à produção do campo.