Prioridade em novo bloqueio do Reino Unido é manter escolas abertas, diz Johnson

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson / Foto: Andrew Parsons / No 10 Downing Street

São Paulo – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, defendeu o novo sistema de bloqueio em níveis que o Reino Unido passará a adotar a partir do dia 2 de dezembro. Segundo ele, a prioridade do governo será aumentar ao máximo o número de testes de covid-19 e manter as escolas funcionando para que os alunos continuem a frequentar o sistema de ensino.

“Queremos garantir os jovens nas escolas e o Sistema Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) em bom funcionamento. Por isso, vamos limitar o acesso a outras áreas, infelizmente”, afirmou Johnson em anúncio televisionado.

Segundo o primeiro-ministro, um sistema de bloqueio mais rígido é necessário para evitar o colapso do NHS e o aumento de mortes até que uma vacina esteja disponível.

“Eu sinto muito que tenhamos que pedir isso novamente a todos vocês, mas precisamos manter a disciplina se quisermos sufocar esse aumento de infecções o mais cedo possível”, disse ele.

Johnson destacou que as áreas mais afetadas devem continuar a ser as dos serviços, mais especificamente os de lazer e hospitalidade, e que o governo deve anunciar em breve um novo plano de suporte financeiro aos afetados.

De acordo com Johnson, em setembro, quando um sistema de níveis mais flexível estava implementado no país, havia uma média de uma pessoa infectada a cada 1.400 habitantes. Agora, o nível da infecção no país é de uma pessoa para cada 85 habitantes.

“Claramente, o método não era rigoroso o suficiente. Com a implementação das novas medidas na região de Liverpool, já podemos notar o início de uma queda no número de casos diários”, disse ele.

Johnson também explicou que o sistema de níveis será reavaliado em cada região a cada 14 dias, levando em consideração cinco aspectos principais: índice de casos detectados em todos os grupos de idade, índice de casos detectados em pessoas com mais de 60 anos, o índice no qual os casos estão crescendo ou diminuindo, o índice de casos positivos e pressão no sistema do NHS.

OS NÍVEIS

– As áreas de nível 1 devem manter o trabalho em casa, se possível

– Bebidas alcoólicas podem ser vendidas em ambientes de hospitalidade como parte de um meio substancial em áreas de nível 2

– Nas áreas de nível 3, entretenimento interno, hotéis e outras acomodações terão que fechar incluindo todas as formas de hospitalidade, exceto para entregas e comida para viagem.

PERMISSÕES A PARTIR DO DIA 2

– Academias serão reabertas assim como os ambientes de hospitalidade;

– As pessoas poderão deixar suas casas para qualquer propósito e encontrar outras pessoas em espaços públicos ao ar livre sujeitos à regra do grupo de seis pessoas e culto coletivo

– Casamentos e esportes ao ar livre podem ser retomados e lojas e serviços de cuidados pessoais também reabrem.