Primeiro-ministro britânico está mais otimista sobre acordo de Brexit com UE

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson. Foto: Divulgação/ Boris Johnson

Por Cristiana Euclydes

São Paulo – O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, reiterou que vai deixar a União Europeia em 31 de outubro, mas disse estar mais otimista sobre chegar a um acordo de saída com a União Europeia (UE) antes do Brexit.

“Os resultados do plebiscito devem ser respeitados. Vamos sair em 31 de outubro”, disse ele, em uma mensagem no Twitter.

Ontem, ao ser questionado ontem sobre a possibilidade de um acordo, em coletiva de imprensa na reunião do G-7 (grupo composto por Estados Unidos, Japão, Alemanha, Reino Unido, França, Itália e Canadá), Johnson disse: “Estou marginalmente mais otimista”.

O primeiro-ministro britânico, porém, admitiu que muitos obstáculos permanecem para que um acordo seja alcançado. “Será difícil (…). Há desacordos significativos” entre o Reino Unido e a UE, reiterou Johnson.

Na semana passada, ele disse que um acordo é possível caso a solução “backstop” na fronteira irlandesa seja retirada. O mecanismo visa a manter a Irlanda do Norte, parte do Reino Unido, temporariamente no bloco europeu para evitar uma fronteira física com a Irlanda.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com