Presidente do Irã proíbe mineração de criptomoedas até setembro

Foto: Roger Brown / Pexels

São Paulo – O Irã proibiu a mineração de criptomoedas até setembro de 2021, após o recente apagão que afetou as principais cidades do país, segundo o serviço de imprensa do presidente iraniano, Hasan Rohani.

“Os ministérios correspondentes se comprometem a proibir qualquer atividade relacionada à mineração de criptomoedas de hoje até setembro de 2021, durante este período, a mineração de criptomoedas é ilegal”, disse Rohani via serviço de imprensa.

A declaração acontece depois que sete grandes cidades iranianas, incluindo a capital Teerã, ficaram sem energia por várias horas no último dia 20, paralisando todo o transporte público.

“Ultimamente tem havido muita polêmica sobre a mineração de criptomoedas. O volume permitido de eletricidade para produção é determinado em 300 megawatts, não é muito, muito mais é usado ilegalmente, em torno de 2.000 megawatts”, acrescentou Rohani.