Preços de venda e locação de imóveis comerciais sobem em março, diz Fipezap

São Paulo – Os preços de venda e locação de imóveis comerciais subiram 0,07% e 0,28%, respectivamente, de acordo com o Indice FipeZap Comercial. No período, a inflação medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) teve variação positiva de 2,94%.

No caso do preço médio de venda, o leve aumento teve impacto pelas variações observadas em Campinas, (0,75%), Curitiba (0,30%), Salvador (0,23%), Rio de Janeiro (0,17%), Florianópolis (0,08%) e São Paulo (0,05%). Outras cidades como Porto Alegre (0,48%), Brasília (0,25%), Niterói (0,22%) e Belo Horizonte (0,11%) registraram queda no índice.

Já no caso do preço médio de locação do segmento comercial, variações positivas foram registradas em Curitiba (1,61%), Florianópolis (0,79%), Campinas (0,58%), Porto Alegre (0,37%), São Paulo (0,25%), Belo Horizonte (0,13%), Salvador (+0,12%) e Rio de Janeiro (+0,01%). Já Niterói (-0,60%) e Brasília (-0,45%) apresentaram queda no preço médio em março.

Nos últimos 12 meses, o preço médio de venda de imóveis comerciais acumula queda nominal de 1,02%, enquanto o preço médio de locação comercial uma queda de 0,75%. No período, a inflação acumulada medida pelo IBGE é de 6,10%.

Em março, o valor médio do metro quadrado (m/2) de venda de imóveis comerciais nas cidades monitoradas pelo Indice foi de R$ 8.428 por m/2, enquanto os imóveis comerciais para locação foram de R$ 37,18 por m/2.

Entre todas as 10 cidades monitoradas, São Paulo se destacou com o maior valor médio tanto para venda de salas e conjuntos comerciais de até 200 m/2 por R$ 9.642 m/2, quanto para o aluguel do mesmo tipo de imóvel de por R$ 44,26 m/2. No Rio de Janeiro, os preços médios de venda e de locação comercial foram de R$ 9.292 por m/2 e R$ 36,83 por m/2, respectivamente.