Preço de venda de imóveis residenciais tem queda de 0,03% em julho

Por Leandro Tavares

São Paulo – O preço de venda dos imóveis residenciais caiu 0,03% em julho, quando comparado a junho, de acordo com o Índice FipeZap de Venda Residencial. O percentual é inferior à inflação esperada do IPCA para o mês (+0,23%), segundo informações do último Boletim Focus, do Banco Central (BC). Se confirmada a estimativa, o preço de venda encerrará julho com queda de 0,26% em termos reais.

Considerando as 16 capitais monitoradas pelo Índice, Maceió foi a cidade que apresentou a maior alta no preço, de 1,0%, (+0,74%), enquanto Goiânia registrou o maior recuo mensal, de 0,48%.

No acumulado do ano, o índice tem um avanço nominal de 0,28%, menor que a inflação do período, de 2,46%, fazendo com que o preço real sofra uma queda de 2,15%. Nos últimos 12 meses, o índice acumula um avanço nominal de 0,28%, ante uma inflação de 3,26%, apontando uma queda real de 2,89% no período.

Em julho, o preço médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.179 por metro quadrado (m/2) entre as 50 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap.

Dentre as cidades observadas, o Rio de Janeiro se manteve como a capital com a metragem mais cara, R$ 9.455 por m/2, seguida por São Paulo (R$ 8.952 m/2) e Brasília (R$ 7.268 m/2). Entre as capitais com menor valor por m/2, destacam-se Campo Grande (R$ 4.102 m/2), Goiânia (R$ 4.247 m/2) e João Pessoa (R$ 4.492 m/2).

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com