Precisamos continuar com políticas acomodatícias, diz Lagarde

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde / Foto: BCE

São Paulo – A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, afirmou que a economia ainda requer uma política monetária acomodatícia para trazer a estabilidade necessária para crescer de forma igualitária.

“Ainda precisamos manter uma política acomodatícia pois ainda há muito a caminhar para chegarmos onde estávamos antes da crise”, afirmou Lagarde em videoconferência em um evento sobre gênero, dinheiro e finanças.

Segundo ela, uma recuperação financeira igualitária só poderá ser alcançada com estímulos e apoios continuados. “É preciso que continuemos em nosso caminho de auxílio porque, se não, o que acontecerá é uma recuperação dos que já estavam relativamente bem e uma piora dos que se encontravam em situação regular antes da pandemia”, afirma ela.

“O crescimento irregular e a desigualdade são um dos focos nessa recuperação porque é muito fácil isso acontecer. Precisamos manter nossa política acomodatícia por mais um tempo”, acrescentou.

Ela também reafirmou a importância de um apoio fiscal em conjunto com uma política monetária frouxa. “A Comissão Europeia foi muito importante nessa parte, já que apenas uma abordagem acomodatícia não é o suficiente, é preciso oferecer apoio prático para manter a economia correndo”, concluiu.