Powell diz que operações do Fed estarão funcionando até fim do mês

201
O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell / Foto: Fed

São Paulo – O Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) espera que programas de crédito como o Main Street – voltado para empresas de pequeno e médio porte – estejam totalmente operacionais até o final do mês, disse o presidente do Fed, Jerome Powell, em depoimento ao Comitê Bancário do Senado.

“Esperamos que nossas operações estejam funcionando até o final do mês. Faremos o que for preciso para ajustá-las às necessidades e para que todos tenham acesso ao crédito”, afirmou Powell.

Respondendo às perguntas dos senadores, o chefe do Fed disse que o potencial de ajuda do banco central à economia está apenas no início, embora tenha reconhecido que seus efeitos ainda são incertos.

“Toda a força das medidas de apoio do Fed está apenas no início”, afirmou Powell. “A resposta oficial para essa crise é massiva, mas ainda não está claro se é o suficiente para mitigar os efeitos da crise na economia”, acrescentou.

Apesar de manifestar disposição em continuar apoiando a economia e o funcionando dos mercados, o chefe do Fed disse que o apetite do banco central norte-americano pelos chamados junk bonds – títulos corporativos com risco muito elevado – é limitado pela natureza da autoridade monetária.

“O banco central não foi desenhado para emprestar para empresas insolventes ou para assumir riscos acima do que suas regras permitem”, disse.

Falando ainda sobre os mercados, Powell também afirmou que sua intenção não é substituir o mercado privado com programas de financiamento anunciados durante a crise.
“O Fed adotou um conjunto restrito de ações para apoiar o bom funcionamento do mercado”, acrescentou.