PMI industrial da eurozona sobe a 53,7 pts em setembro após revisão

154

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade industrial da zona do euro subiu para
53,7 pontos em setembro, depois de ter marcado 51,7 pontos em agosto, de acordo com dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

A versão preliminar havia mostrado número idêntico. Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração.

“A recuperação da indústria da zona do euro ganhou impulso adicional em setembro, fechando o maior aumento trimestral na produção desde os primeiros meses de 2018”, de acordo com o economista-chefe da IHS Markit, Chris Williamson.

Ele destacou que o crescimento dos pedidos em carteira e de exportações também acelerou, indicando fortalecimento da demanda. Já as perdas de empregos aliviaram-se na medida em que as empresas ficaram mais otimistas com as perspectivas para o próximo ano, com o otimismo voltando aos níveis vistos antes da guerra comercial no início de 2018.

“A recuperação teria sido bem mais modesta sem a Alemanha”, que representou cerca de metade da expansão geral da produção na região em setembro. disse Williamson. O desempenho da Alemanha contrastou fortemente com crescimento modesto na Espanha, desacelerações na Itália e Áustria, além de um retorno particularmente preocupante à contração na Irlanda.

“Sem uma base mais ampla de recuperação, a sustentabilidade da retomada está em risco, com preocupações adicionais alimentadas pelo aumento das taxas de infecção da covid-19.”