PMI industrial da eurozona sobe a 51,8 pontos em julho após revisão

169

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor industrial da zona do euro subiu para 51,8 pontos em julho, após atingir 47,4 pontos em junho, de acordo com dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

A leitura preliminar mostrava alta para 51,1 pontos em julho. Números acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. A produção cresceu na taxa mais rápida por mais de dois anos, alimentada pela alta na demanda.

“O crescimento de novos pedidos de fato ultrapassaram a produção, sugerindo fortemente que agosto deve ver mais ganhos de produção”, diz o economista-chefe de negócios da IHS Markit, Chris Williamson. “A melhoria da carteira de pedidos também ajudou a restaurar a confiança sobre as perspectivas em julho para o pico pré-pandêmico de janeiro”.

Já os números dos empregos “continuam sendo uma grande preocupação, pois é provável que o mercado de trabalho seja a chave para determinar o caminho de recuperação da economia”, disse o diretor.

Assim, “os números dos próximos meses serão, portanto, importantes para avaliar se a recente elevação da demanda pode ser sustentada, ajudando as empresas a recuperar perda de produção e alívio de parte da necessidade de mais cortes de custos daqui para frente”.