PMI do setor de serviços dos EUA sobe a 54,8 pontos em agosto

184
Lexington Avenue, em Manhattan, Nova York / Foto: Divulgação/ Governo

São Paulo — O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços dos Estados Unidos subiu a 54,8 pontos em agosto, depois de atingir 50,0 pontos em julho, de acordo com dados preliminares divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Analistas previam 51,0 pontos em agosto. Números acima de 50 sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados dos segmentos industrial e de serviços, subiu para 54,7 pontos em agosto, depois de marcar 50,3 pontos em julho.

O PMI de serviços de agosto sinalizou a primeira expansão no setor desde o início de 2020, com a maior taxa de crescimento desde março de 2019, segundo a pesquisa. A maior demanda de clientes levou a um aumento renovado nos novos pedidos nos novos pedidos de exportação.

Já a taxa do crescimento do emprego foi a maior desde fevereiro de 2019. Os custos, por sua vez, aumentaram, mas as pressões competitivas levaram a uma alta mais suave nos preços de venda.

“As empresas continuam confiantes em um aumento da atividade ao longo do próximo ano, apesar do grau de otimismo ligeiramente menor com relação a julho”, diz a IHS Markit.