PMI do setor de serviços da eurozona sobe para 50,3 pontos em abril

Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da zona do euro subiu para 50,3 pontos em abril, de 49,6 pontos em março, de acordo com dados preliminares divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que mede a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu para 53,7 pontos em abril, de 53,2 pontos em março.

“Em um mês durante o qual medidas de contenção do vírus foram reforçadas em face de ondas de infecções, a economia da zona do euro mostrou uma força encorajadora”, de acordo com o economista-chefe de negócios do IHS Markit, Chris Williamson.

“Embora o setor de serviços continuasse duramente atingido por medidas de bloqueio, voltou a crescer conforme as empresas se adaptam à vida com o vírus e prepare-se para tempos melhores à frente”, acrescentou ele. Os novos pedidos de serviços caíram pelo nono mês consecutivo, embora tenha chegado perto de se estabilizar.