PMI do setor de serviços da eurozona sobe para 47,3 pontos em junho

173

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da zona do euro subiu para 47,3 pontos em junho, seu maior nível em quatro meses, de 30,5 pontos em maio, de acordo com dados preliminares divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que mede a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu para 47,5 pontos em junho, de 31,9 pontos em maio.

“O PMI preliminar da zona do euro indicou outro alívio substancial da desaceleração da região em junho. A produção e a demanda ainda estão caindo, mas não mais desmoronando”, de acordo com o economista do IHS Markit, Chris Williamson.

“Embora ainda seja provável que o Produto Interno Bruto (PIB) do segundo trimestre tenha caído a uma taxa sem precedentes, o aumento no PMI aumenta a expectativa de que o levantamento de restrições de bloqueio ajudarão a colocar fim à desaceleração