PMI de serviços da eurozona sobe para 45,7 pts em fevereiro após revisão

Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da zona do euro sobe para 45,7 pontos em fevereiro, de 45,4 pontos em janeiro, de acordo com dados revisados divulgados pelo instituto de pesquisas IHS Markit.

A versão preliminar havia mostrado 44,7 pontos em fevereiro. Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração.

O PMI composto, que mede a atividade dos setores industrial e de serviços, subiu para 48,8 pontos em fevereiro, de 47,8 pontos em janeiro. A versão preliminar havia mostrado 48,1 pontos em fevereiro.

“Uma quarta queda mensal consecutiva na atividade de serviços coloca a economia da zona do euro em curso para um recessão de duplo mergulho, embora uma redução na taxa de declínio ressalta como a última recessão parece muito menos grave do que o acerto inicial da pandemia no ano passado”, disse o economista-chefe de negócios do IHS Markit, Chris Williamson.

“Embora muitas empresas de hospitalidade no setor de serviços continuem a lutar devido a restrições relacionadas à covid-19, a fabricação está indo bem e alivia o impacto econômico geral das medidas de bloqueio”, acrescentou ele.