PMI de serviços da China sobe a 56,3 pontos em abril, diz Caixin

Foto: Freeimages.com/ Martin Boulanger

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da China subiu para 56,3 pontos em abril, maior nível deste ano, de 54,3 pontos em março, de acordo com dados do instituto de pesquisas IHS Markit e do grupo de mídia Caixin.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, avançou para 54,7 pontos em abril, de 53,1 pontos em março.

O PMI de serviços chinês permanece em território expansionista por 12 meses consecutivos. A oferta e a demanda de serviços se expandiram no ritmo mais alto deste ano. “A demanda internacional se recuperou rapidamente, apesar do ressurgimento de casos em covid-19 em alguns países”, disse o economista do Caixin insight Group, Wang Zhe.

Segundo ele, o mercado de trabalho continuou melhorando junto com a recuperação do mercado, enquanto os medidores de preços mantiveram-se em patamar elevado, em meio a preços crescentes de matérias-primas e custos trabalhistas.

Por fim, os empresários permaneceram confiantes sobre o controle da pandemia e a recuperação econômica.