PMI de serviços da China sobe a 54,8 pontos em setembro, diz Caixin

89

São Paulo – O índice dos gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) sobre a atividade do setor de serviços da China subiu para
54,8 pontos em setembro, de 54,0 pontos em agosto, de acordo com dados do instituto de pesquisas IHS Markit e do grupo de mídia Caixin.

Leituras acima de 50 pontos sugerem expansão da atividade, enquanto valores menores apontam contração. O PMI composto, que agrega dados sobre a atividade dos setores industrial e de serviços, caiu para 54,5 pontos em setembro, de 55,1 pontos em agosto.

“A oferta e a demanda doméstica no setor de serviços continuaram a se recuperar em um ritmo mais rápido, enquanto a demanda externa permaneceu subjugada”, disse o economista sênior do Caixin Insight Group, Wang Zhe.

Segundo ele, o emprego segue em expansão pelo segundo mês consecutivo, com empresas ampliando gradualmente as contratações em face da recuperação do mercado, mas a expansão foi pequena.

“As empresas mantiveram-se confiantes quanto às perspectivas econômicas”, disse o economista, acrescentando que as companhias
“permaneceram positivas sobre a recuperação econômica em curso e o controle efetivo da pandemia”.