PIB da China cresce 4,9% no 3º trimestre

214

São Paulo, 19 de outubro de 2020 – O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 4,9% no terceiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2019, após a alta de 3,2% no segundo trimestre, na mesma base de comparação. Os dados são do departamento oficial de estatísticas do país.

O crescimento do PIB chinês veio abaixo da projeção dos analistas, que esperavam alta de 5,3%. Em base trimestral, o PIB da China aumentou 2,7% no terceiro trimestre, uma desaceleração após o avanço de 11,5% no período anterior.

Segundo o departamento de estatísticas, “a economia nacional continuou a se estabilizar e a se recuperar, e a situação social geral manteve-se estável”, com melhora gradual na relação entre oferta e demanda, reforço na dinâmica do mercado e mais garantias de emprego e subsistência.

Nos três primeiros trimestres deste ano, a economia chinesa cresceu 0,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Em 2019 como um todo, a China havia reportado um crescimento de 6,1%, dentro da meta estabelecida pelo governo, de entre 6% e 6,5%.

A China quebrou a tradição este ano e não estabeleceu uma meta de crescimento, citando a dificuldade de fazer previsões em meio à incerteza gerada pela pandemia do novo coronavírus. Os líderes chineses prometeram estabilizar o mercado de trabalho e conter o vírus este ano.

Nos três primeiros meses de 2020, o PIB da China recuou 6,8% ante o mesmo período de 2019, a primeira baixa na série histórica, desde quando os dados trimestrais começaram a ser publicados, em 1992, devido aos impactos da pandemia e das medidas restritivas para conter sua propagação.