PIB cresce 6,1% em 2019, menor nível em quase três décadas

381
Foto: Freeimages.com/ Gary Tamin

São Paulo – O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,1% em 2019, seu menor nível em 29 anos e dentro da meta do governo, de manter o crescimento entre 6% e 6,5%. Em 2018, a economia chinesa havia avançado 6,6%. Os dados são do departamento oficial de estatísticas do país.

No quarto trimestre de 2019, o PIB chinês cresceu 6% ante o mesmo período do ano anterior, mesma alta do terceiro trimestre e mantendo seu menor nível desde o primeiro trimestre de 1992. Em base trimestral, o PIB da China aumentou 1,5% no quarto trimestre.

Segundo o departamento de estatísticas, em comunicado, a economia chinesa se manteve “estável em geral” em 2019, mesmo “diante da complicada situação de crescentes riscos e desafios domésticos e no exterior”.

Ao longo do ano passado, a China e os Estados Unidos estiveram envolvidos em uma disputa comercial. Os dois países assinaram anteontem um acordo parcial, que inclui a redução de tarifas a importações e a compra pelos chineses de ao menos US$ 40 bilhões em itens agrícolas norte-americanos.

Algumas tarifas a produtos chineses, porém, permanecem em vigor, e questões mais espinhosas serão abordadas apenas na segunda fase das negociações, ainda sem prazo definido para começarem.

Além disso, Pequim tem colocado em vigor diversas medidas para estimular o crescimento da economia do país, e expectativa é de que elas continuem em 2020.

Em coletiva de imprensa, o diretor do departamento de estatísticas da China, Ning Jiyu, disse que todas as regiões do país aderiram “à principal linha de reformas estruturais do lado da oferta, fortalecendo o ajuste cíclico das políticas macroeconômicas”.