Petrobras terá quatro novas embarcações para explorar petróleo

São Paulo – A Petrobras informou a previsão de ter quatro novas embarcações incorporadas à sua frota de sondas até setembro, para intensificar atividades exploratórias e de desenvolvimento da produção offshore em blocos exploratórios, nos regimes de concessão e de partilha.

Segundo a estatal, duas delas já foram incorporados à frota, um navio-sonda, em março, e uma semissubmersível, em maio, que estão sendo utilizadas para reforçar a prospecção de novos campos de petróleo e intensificar as campanhas nas Bacias de Campos, Espírito Santo e Santos.

Com essas quatro novas unidades, a Petrobras somará 15 sondas recebidas desde 2019, chegando em setembro de 2021 a uma frota de 22 sondas marítimas em operação.

“As sondas de perfuração podem operar em áreas já desenvolvidas, prospectar novas jazidas ou ser utilizadas para mapear reservatórios. O início da exploração de um bloco offshore e a identificação das melhores oportunidades de descobertas de petróleo depende de estudos e avaliações geológicas, que somente são confirmadas com a posterior perfuração dos poços, o que torna fundamental a utilização de sondas marítimas”, informou a companhia, em nota.