Petrobras protocola na CVM oferta de ações da BR Distribuidora

São Paulo – A Petrobras protocolou junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) o registro de oferta pública de distribuição secundária de 436.875.000 ações ordinárias e sem valor nominal de emissão da BR Distribuidora.

Com base no valor de fechamento de quarta-feira (16), que foi de R$ 26,42, a Petrobras pode levantar R$ 11,5 bilhões com a venda de sua fatia na BR.

A oferta será coordenada pelos bancos Morgan Stanley, Bank of America, Citi, Goldman Sachs, Itaú BBA, JP Morgan e XP Investimentos.

Segundo a Petrobras, além do registro no Brasil, junto à CVM, não será realizado nenhum registro da oferta ou das ações em qualquer agência ou órgão regulador do mercado de capitais em outro país, nem mesmo na Securities
and Exchange Commission dos Estados Unidos, onde as ações não poderão ser ofertadas ou vendidas sem o seu registro ou uma isenção de registro.

Bruno Soares / Agência CMA