Petrobras prorroga venda de querosene de aviação à BR Distribuidora

304

Por Gustavo Nicoletta

A350
Foto: Anthony Pecchi/Airbus

São Paulo – A Petrobras prorrogou até março do ano que vem um contrato para vender querosene de aviação à BR Distribuidora.

O contrato original foi assinado em dezembro de 2016, e o aditivo, no valor de R$ 2,3 bilhões, passa a valer em outubro, com duração de seis meses.

A Petrobras afirmou que o aditivo “prevê garantia de suprimento vinculado ao compromisso de retirada pelo distribuidor e observa os padrões utilizados pela Petrobras para o mercado de distribuição.”

Também disse que “a mesma minuta contratual é utilizada para celebração de contratos/aditivos com outros distribuidores, e será dada ciência à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Os preços praticados são definidos pela Petrobras e divulgados, antes do início da vigência, para todo o mercado.”