Petrobras posterga em um ano projeto integrado do Parque das Baleias

99

São Paulo – A Petrobras postergou em um ano o projeto integrado do Parques das Baleias, ficando o início da operação e primeiro óleo para 2024, devido ao contexto econômico do cenário de covid-19.

O Parque das Baleias compreende as áreas em desenvolvimento de Baleia Anã, Baleia Azul, Baleia Franca, Cachalote, Caxaréu, Mangangá, Pirambu e o campo de Jubarte, originadas do bloco BC-60, na Bacia de Campos.

Segundo a estatal, o escopo do projeto que prevê o remanejamento de poços entre plataformas em operação no ano de 2022 será preservado.

Com a postergação, a Petrobras cancelou a licitação de afretamento de plataforma para atender o projeto e autorizou o início de um novo processo licitatório.