Petrobras busca equilíbrio com mercado internacional em preços

Foto: Shutterstock

São Paulo – O gerente geral de marketing da Petrobras, Sandro Paes Barreto, disse que a estatal busca equilíbrio com o mercado internacional para manter uma política de preços dos combustíveis mais estável e que não seja impactada pelos movimentos abruptos das commodities do petróleo.

Sandro participou da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados, que debate o impacto social dos altos preços dos combustíveis e destacou a importância da paridade dos preços.

“A paridade de importação é fundamental para o mercado brasileiro porque nós somos um país importador de derivados. Ela é no final o preço competitivo. Nós competimos hoje com refinadores que estão em outros países. É isso que traz o equilíbrio competitivo para o mercado”, disse.

Sobre o mercado de petróleo, o gerente da Petrobras afirmou que é necessário ter mais investimentos em logística e refino para garantir o suprimento no país para a próxima década.

“São necessários investimentos em logística e em refino. Esses investimentos são fundamentais para garantir o suprimento de energia para o país na próxima década. E eles só poderão ser feitos se o Brasil estiver inserido em um conceito deste contexto mundial, trabalhando seu preço dentro de um contexto mundial”, explicou.

Por último, o Sandro destacou a importância da estatal brasileira seguir parâmetros internacionais de importação.

“Se a Petrobras assumir a responsabilidade de trabalhar abaixo da paridade de importação, significaria que nenhum outro ente poderia suprir o mercado brasileiro. Isso invibilizaria novos investimentos. A gente trabalha com o equilíbrio evitando novas volatilidades”, finalizou.