Pesquisa mostra que 7% deixarão de usar máscara após vacina nos EUA

Homem usando máscara anda de bicicleta por ruas vazias após pandemia de covid-19 / Foto: ONU

São Paulo – Apenas 7% dos norte-americanos que seguem as recomendações do Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês) para o uso de máscaras contra a covid-19 planejam parar de cobrir o rosto após serem vacinados, segundo uma pesquisa da Axios em parceria com a Ipsos.

A sondagem revelou que 81% dos entrevistados planejam continuar usando máscaras, em comparação com 7% que esperam descartar as coberturas faciais. Além disso, 66% disseram que planejam manter o distanciamento social depois de serem vacinados, em comparação com 13% que vão parar de aderir às recomendações do CDC.

Outro 87% também disseram que continuarão lavando as mãos com frequência, de acordo com o levantamento.

O CDC divulgou ontem novas diretrizes, indicando que pequenos grupos de pessoas vacinadas podem se reunir com segurança dentro de casa. Segundo o órgão, cerca de 60 milhões de norte-americanos já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 e outros 30 milhões já completaram a imunização com duas doses.

A pesquisa Axios em parceria com o Ipsos foi conduzida de 5 a 8 de março com 1.001 adultos. A margem de erro está entre 3,0 – 3,4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.