Pedidos de seguro-desemprego nos EUA caem em 38 mil, para 406 mil

Foto: FreeImages.com / Lisa Setrini-Espinosa

São Paulo – O número de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos caiu em 38 mil solicitações na semana encerrada em 22 de maio, totalizando 406 mil, após ter alcançado 444 mil na semana anterior, segundo estatísticas do Departamento do Trabalho ajustadas por fatores sazonais.

O número alcançado essa semana é o mais baixo desde o início da pandemia, em 14 de março de 2020, quando as requisições de seguro-desemprego haviam chego a 256 mil.

Os analistas previam 425 mil pedidos. Uma queda nos pedidos sugere que menos pessoas estão sem trabalho, enquanto uma alta indica o contrário. A média móvel dos pedidos de seguro-desemprego feitos nas últimas quatro semanas, um indicador menos volátil, caiu em 46 mil, para 458.750 pedidos.

O número total de pessoas que estavam recebendo seguro-desemprego do governo norte-americano na semana encerrada em 15 de maio caiu em 96 mil, para 3,642 milhões. A média móvel de quatro semanas do número de pessoas que seguem recebendo seguro-desemprego caiu em 2.750 para 3,675 milhões.