Pedidos de seguro-desemprego nos EUA caem em 36 mil, para 837 mil

122
Foto: Casa Branca

São Paulo — O número de novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos caiu em 36 mil solicitações na semana encerrada em 26 de setembro, totalizando 837 mil, após ter alcançado 873 mil na semana anterior, segundo estatísticas do Departamento do Trabalho ajustadas por fatores sazonais.

Os analistas previam 850 mil pedidos. Uma queda nos pedidos sugere que menos pessoas estão sem trabalho, enquanto uma alta indica o contrário. A média móvel dos pedidos de seguro-desemprego feitos nas últimas quatro semanas, um indicador menos volátil, caiu em 11.750, em 867.250 pedidos.

O número total de pessoas que estavam recebendo seguro-desemprego do governo norte-americano na semana encerrada em 19 de setembro caiu em 980 mil, para 11,767 milhões. A média móvel de quatro semanas do número de pessoas que seguem recebendo seguro-desemprego caiu em 381.250 para 12,701 milhões.

O departamento também informou que “em resposta às recomendações resultantes de uma revisão interna das operações do estado, o estado da Califórnia anunciou uma pausa de duas semanas no processamento dos pedidos iniciais de benefícios do seguro-desemprego”.

“O estado usará esse tempo para reduzir sua carteira de processamento de sinistros e implementar tecnologia de prevenção de fraude”, afirma o comunicado. Segundo o documento, reconhecendo que a pausa provavelmente resultará em oscilações significativas de semana a semana nas reivindicações iniciais para a Califórnia e a nação não relacionadas a quaisquer mudanças nas condições econômicas, as reivindicações iniciais da Califórnia publicadas no Comunicado à Imprensa de Reivindicações de UI refletirão o nível relatado durante a última semana antes de a pausa.

“Após a conclusão da pausa e do processamento pós-pausa, o estado enviará relatórios revisados para refletir as reivindicações na semana em que foram apresentadas”, conclui.