Pedidos de seguro-desemprego no Brasil sobem 22,1% em abril em base anual

163

Brasília – Os pedidos de seguro-desemprego registrados  aumentaram em 22,1% em abril na comparação com o mesmo período do ano anterior, passando de 612.909 para 748.484, informou o ministério da Economia. No ano, as solicitações subiram 1,3%, passando de 2.306.115 para 2.337.081.

Entre os pedidos feitos em abril deste ano, 87% foi feito por meio da internet, enquanto no mesmo mês de 2019 os pedidos por este meio representaram apenas 1,7%.

No ano, os pedidos feitos pela internet representaram 29,3% e 60,7% foram feitos de forma presencial. No mesmo período de 2019, 1,6% dos pedidos foram realizados via internet e 98,2% presencialmente.

O ministério estima que até 250 mil pedidos ainda possam ser feitos nos meses seguintes por não terem sido realizados presencialmente nos meses de março e abril.

“Os requerimentos podem ser feitos de forma 100% digital e não há espera para concessão de benefício. No entanto, os dados indicam que esses trabalhadores aguardam a abertura das unidades do Sine, que são de administração municipal e estadual e que estão sem atendimento presencial devido às medidas de isolamento social decorrentes da pandemia da covid-19”.