Países da UE dão luz verde a mecanismo que libera fundo de recuperação

Foto: União Europeia (UE)

São Paulo – Todos os países da União Europeia (UE) já aprovaram a chamada decisão de recursos próprios para o orçamento do bloco, que abre caminho para a implementação do fundo de recuperação de 750 bilhões de euros, segundo o comissário europeu para o orçamento, Johannes Hahn.

“Com a votação bem-sucedida nos parlamentos austríaco e polonês, os 27 estados membros finalizaram o processo de aprovação parlamentar para a decisão de recursos próprios”, disse ele em uma mensagem no Twitter na noite passada.

As aprovações finais de Áustria, Polônia, Hungria, Holanda e Romênia são passos essenciais para Bruxelas começar a emitir dívida para financiar o fundo em junho e fazer os primeiros pagamentos em julho.

Os países UE devem apresentar os seus planos de recuperação à Comissão Europeia. Bruxelas planeja fazer pagamentos a cada seis meses, se os países do bloco cumprirem o que foi acordado nesses planos. A expectativa é que a Comissão Europeia aprove os primeiros planos de recuperação na segunda quinzena de junho.