Pacto Ecológico Europeu é estratégia de crescimento, diz chefe da UE em Davos

245
Ursula von der Leyen

São Paulo – A presidente da Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE), Ursula von der Leyen, disse que o Pacto Ecológico Europeu é uma estratégia de crescimento econômico do bloco, em discursos no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

“O chamado relatório de risco global do Fórum Econômico Mundial identifica que os cinco principais riscos para nossa economia são todos relacionados ao clima”, disse ela. “Ainda há escopo para lidar com estes riscos, mas a janela de oportunidade está se fechando. Precisamos agir agora. Por isso a Comissão Europeia apresentou como sua prioridade o Pacto Ecológico Europeu”.

Ela ressaltou que, sob o pacto, o orçamento da UE vai mobilizaria na próxima década 1 trilhão de euros de investimentos, vindos do bloco, de países membros, de bancos e empresas privadas, e que “isso vai criar uma onda de investimento verde”.

“O Pacto Ecológico Europeu é a nossa nova estratégia de crescimento”, acrescentou. Segundo ela, a UE saíra de uma economia baseada em combustíveis fósseis para uma economia sustentável e digital. “Não é apenas questão de clima, é também uma questão de justiça com nossas empresas e trabalhadores”, disse.

“Vamos protegê-los da concorrência desleal”, disse ela, citando que uma maneira de fazer isso é por meio de um mecanismo de ajuste de carbono nas fronteiras. “Eu prefiro encorajar nossos parceiros comerciais a trabalharem conosco por um campo de jogo melhor que beneficia a todos nós”.