Ouça o Agência CMA Podcast de 21 de junho

Para ouvir o Podcast, clique no botão logo acima. Se preferir a versão em texto, a transcrição está logo abaixo. Tem sugestões, reclamações, críticas ou elogios? Envie um e-mail para g.nicoletta@cma.com.br.

Olá ouvinte do Agência CMA Podcast. Eu sou Gustavo Nicoletta, editor-chefe da agência, e este é o resumo da semana.

O grande acontecimento dos últimos dias foi a confirmação de que os principais bancos centrais do mundo estão se preparando para abandonar a estratégia de aumento dos juros – cedendo ao que o mercado já vinha precificando há meses.

Primeiro, o presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, discursou em Portugal e disse que a instituição pode ajustar todos os atuais instrumentos de política monetária – e adotar outras ferramentas, se for o caso – para impedir que a situaçãoo econômica piore.

Depois, o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, indicou que está pronto para proteger a economia e a reagir à inflação fraca. Além disso, os membros do comitê de política monetária da instituição ficaram mais inclinados a reduzir os juros.

Por último, o banco central da Inglaterra fez sinalização semelhante, visto que a economia do Reino Unido começou a crescer com menos intensidade e há risco cada vez maior de o país deixar a União Europeia sem um acordo que mantenha alguns privilégios dos britânicos junto ao bloco europeu.

O Brasil também não escapou desta tendência e, na quarta-feira, o Banco Central sinalizou que pode reduzir os juros caso haja avanço concreto em reformas econômicas, como a da Previdência.

Este tipo de cenário favorece ativos de risco, algo particularmente positivo para o mercado de ações e, em escala global, para os ativos brasileiros, de forma geral.

A próxima semana no Brasil será movimentada. Em âmbito político, existe a possibilidade de começar a etapa de votação da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara dos Deputados. Antes da votação, é possível que novas mudanças sejam introduzidas ao texto.

Na terça-feira, o Banco Central divulga a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) ocorrida na última quarta-feira. Na ocasião, o grupo manteve a Selic, a taxa básica de juros, em 6,5% ao ano, como era amplamente esperado, mas, como já dissemos, sinalizou que ela pode cair se houver avanço concreto na agenda de reformas econômicas.

Ainda falando sobre o Banco Central, na quinta-feira a instituição divulga o relatório trimestral de inflação e, no mesmo dia, o presidente a instituição, Roberto Campos Neto, concederá entrevista coletiva – mais uma oportunidade para entender qual a chance de um corte nos juros ainda este ano.

Em relação a indicadores, está prevista para terça-feira a divulgação da prévia de inflação de junho e para sexta-feira a publicação da taxa de desemprego.

No exterior, a tensão entre os Estados Unidos e o Irã deve aumentar a partir de quinta-feira, data em que o estoque de material radioativo dos iranianos deve superar o limite previsto no acordo internacional para impedir Teerã de construir uma bomba nuclear.

Na sexta-feira, serão divulgados dados sobre a inflação da zona do euro em junho. Uma leitura fraca deste indicador deve reforçar a aposta do mercado em mais estímulo monetário e oferecer suporte aos mercados de ações globais.

O evento mais relevante da semana lá fora, porém, será a reunião de cúpula do G-20, grupo que reúne as principais economias mundiais. O encontro começa na sexta-feira no Japão e, dentre as várias conversas paralelas previstas, está uma entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o presidente da China, Xi Jinping. A expectativa é de que ambos discutam a tensão comercial entre os dois países e um potencial acordo para eliminar tarifas de importação, mas quase ninguém espera que a reunião resulte em uma solução concreta.

Também vale pontuar que, na terça-feira, o presidente do banco central dos Estados Unidos, Jerome Powell, discusará e que na quinta-feira o banco central do México anunciará sua decisão de política monetária.

Com isso eu encerro o nosso boletim semanal. Boa semana, bons negócios.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com