Orçamento deve ser votado até o fim de março, diz presidente da CMO

145
Sessão solene do Congresso Nacional de abertura dos trabalhos legislativos de 2019.

Brasília – A presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), Fávia Arruda (PL-DF), afirmou durante a primeira reunião da Comissão, após 316 dias de atraso até a instalação, que o Projeto de Lei Orçamentária Anual 2021, (PLOA) 28/2020, deve ser aprovado até o fim de março.

“Estamos em fevereiro, e o país ainda não definiu o Orçamento. Sem saber quais despesas poderão ser realizadas e quais serão as prioridades dos gastos públicos. Crescem os gastos com a saúde e as necessidades de investimento nas áreas sociais para minimizar o desemprego e a fome. A vacina tem que ser a prioridade zero. É vacina, vacina e vacina”, defendeu a deputada.