OMS confirma mais de 100 casos de covid-19 em Pequim em nova onda da doença

183
coronavirus, China, Xi Jinping
O presidente da China, Xi Jinping. (Foto: Divulgação/ Conselho de Estado da China)

São Paulo – Mais de 100 casos do novo coronavírus foram confirmados em Pequim após um longo período sem registros da doença, segundo o chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Falando em coletiva de imprensa, ele disse que a origem dessa segunda onda de casos está sendo investigada.

“Mesmo em países que demonstraram a capacidade de suprimir a transmissão é preciso atenção para o ressurgimento de casos”, afirmou.

“Na semana passada, a China relatou um novo conjunto de casos em Pequim, depois de mais de 50 dias sem um registro na cidade. Agora já são confirmados 100 casos”, acrescentou.

Informações preliminares indicam que os novos casos em Pequim estão ligados a Xinfadi, um grande mercado de carne e vegetais no distrito sudoeste de Fengtai, que fornece a maior parte dos vegetais e fruta da cidade, disseram as autoridades.