OMS alerta para agravamento da situação da pandemia nos próximos meses

216
Bandeira com o símbolo da Organização Mundial da Saúde (OMS). (Foto: Missão dos EUA/Eric Bridiers)

São Paulo – A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou para o agravamento da situação epidemiológica global nos próximos meses, em especial no Hemisfério Norte, que enfrentará temperaturas mais baixas.

“Estamos em um momento crítico desta pandemia, particularmente no Hemisfério Norte. Os próximos meses serão muito difíceis”, disse o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Instamos os líderes a tomarem medidas imediatas para evitar mais mortes desnecessárias, o colapso de serviços essenciais de saúde e o fechamento de escolas novamente”, acrescentou.

Segundo Ghebreyesus, a situação atual “não é um exercício” e alguns países estão em um caminho perigoso.

As declarações acontecem em um momento no qual Estados Unidos e Canadá enfrentam um aumento de casos de covid-19 e vários países da Europa adotam medidas restritivas mais duras para tentar conter o avanço do vírus.

Dados da Universidade Johns Hopkins mostram que o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no mundo superou 41,8 milhões, enquanto as mortes globais por covid-19 totalizam 1.139.296.