Ofertas da Eletronorte e Amazonas GT estão suspensas até dia 25

232
Foto divulgação: Eletrobras

São Paulo – A Eletrobras suspendeu até a próxima terça-feira (25) a oferta pública com esforços restritos de debêntures a serem emitidas pela Eletronorte e a oferta pública com esforços restritos de debêntures a serem emitidas pela Amazonas GT.

A suspensão, segundo a Eletrobras, tem como objetivo garantir o cumprimento das normas de mercado após as notícias sobre a captação de recursos pela Eletronorte para atender ao fluxo de caixa da Amazonas GT.

As informações foram divulgadas em complemento ao comunicado divulgado em 11 de agosto, quando a Eletrobras informou que a dívida da Amazonas Energia (Amazonas D) junto à Amazonas Geração e Transmissão (Amazonas GT) era de R$ 1,1 bilhão, e que as empresas estavam negociando para encontrar uma solução para o passivo no menor tempo possível.

De acordo com a estatal, houve também um empréstimo ponte de R$ 100 milhões pela Eletronorte, subsidiária da Eletrobras, à Amazonas GT.

Além disso, a empresa disse estar estruturando uma captação no montante de R$ 500 milhões para reforçar o caixa da geradora de energia e que a conclusão desta operação poderia acontecer nos próximos dias.

A Amazonas D foi privatizada em 2018 pela Eletrobras e hoje pertence ao Consórcio Oliveira Energia, em conjunto com a Atem.