Novos casos de coronavírus no Brasil sobem 65,7% na última semana

151
Foto: Shutterstock

São Paulo – Os novos casos de covid-19 no Brasil aumentaram 65,7% na semana encerrada no último sábado (14) e atingiram o maior nível desde meados de setembro. Em alguns estados, as novas infecções mais do que dobraram, com destaque para São Paulo, que há algumas semanas relaxou as restrições relacionadas à contenção da pandemia.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, na semana terminada em 14 de novembro os novos casos de covid-19 no Brasil somaram 195.398 – o maior número desde a semana terminada em 19 de setembro, quando foram observadas 212.553 novas infecções.

Apenas três estados tiveram redução nos casos na semana até o último sábado – Roraima (-24,1%), Sergipe (-16,2%) e Rio Grande do Norte (-12,4%). Os demais e o Distrito Federal tiveram aumento, com destaque para São Paulo – foram 4,2 vezes mais casos que na semana anterior, atingindo um total de 41.486 novas infecções por covid-19 – maior nível desde a semana de 5 de setembro.

Em seguida, aparecem Amapá – onde os casos triplicaram de uma semana para a outra, a 2.006 -, Paraná – aumento de 2,5 vezes, a 17.906 – e Rio de Janeiro – crescimento de 2,1 vezes, a 11.297.

Os demais e o Distrito Federal tiveram aumento, com destaque para São Paulo foram 4,2 vezes mais casos que na semana anterior, atingindo um total de 41.486 novas infecções por covid-19 – maior nível desde a semana de 5 de setembro.

Parte deste crescimento significativo deve-se a uma distorção no recolhimento das notificações de casos motivada por problemas técnicos nos sistemas de informação do Ministério da Saúde.

Este problema, por exemplo, levou a capital paulista – epicentro dos casos no Brasil – a registrar zero casos de covid-19 por cinco dias no início de novembro – do dia 6 ao dia 10 de novembro. A notificação foi normalizada no dia 11, quando 6.252 novos casos foram reportados de uma vez apenas na cidade.

Ainda assim, a tendência na cidade de São Paulo ainda é de aumento dos casos em relação às semanas anteriores, visto que mesmo ajustando os dados para levar em consideração esta distorção, a média móvel de sete dias de notificação de novos casos voltou a superar a barreira de mil por dia. Ela estava abaixo deste nível desde o final de setembro.

Em seguida, aparecem Amapá – onde os casos triplicaram de uma semana para a outra, a 2.006 -, Paraná – aumento de 2,5 vezes, a 17.906 – e Rio de Janeiro crescimento de 2,1 vezes, a 11.297.