Nova meta de Biden é vacinar 70% dos adultos com uma dose até 4 de julho

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden / Foto: Casa Branca

São Paulo – O presidente norte-americano, Joe Biden, dobrou mais uma vez a sua aposta para controlar a pandemia de covid-19 nos Estados Unidos ao fixar uma nova meta: vacinar 70% dos adultos com pelo menos uma dose até 4 de julho.

“Eu gostaria que essa meta fosse de 100% até 4 de julho, mas precisamos ser realistas. E essa meta não significa que as portas da vacinação se fecharão, mas que queremos, até essa data, que a maioria das pessoas estejam protegidas com pelo menos uma dose para que a vida comece a realmente voltar ao normal”, afirmou ele.

Segundo Biden, o governo quer acelerar a vacinação entre as pessoas abaixo de 65 anos, que correspondem pela maior parte dos casos de covid-19 atualmente nos Estados Unidos e também as que apresentam mais resistência em se proteger contra a doença.

“O sucesso que alcançamos com a primeira fase de vacinação, que priorizou pessoas com 65 anos ou mais, mostra que o passaporte para a vida voltar ao normal é a vacinação. Precisamos agora que as pessoas mais jovens entendam que precisam dessa imunização para não correr o risco de adoecer, ser hospitalizada ou morrer. A covid-19 ainda mata”, afirmou.

Para acelerar ainda mais o processo de vacinação, o governo norte-americano anunciou hoje um site – o vaccine.gov – para que as pessoas possam encontrar o local mais próximo para a vacinação. Além disso, também liberou um número (438829) para o qual a pessoa envia uma mensagem de SMS com a sua caixa postal e recebe de volta os locais de vacinação mais perto de sua casa.

“Como incentivo extra, o governo também compensará as empresas que dispensarem seus empregos para a vacinação. Vamos pagar pelo tempo em que este funcionário esteve ausente para se imunizar”, disse Biden.

O presidente norte-americano afirmou ainda que o próximo passo é vacinar crianças e os mais jovens contra a covid-19. “Estamos esperando apenas a autorização da FDA [Food and Drug Administration, equivalente a Anvisa no Brasil] para que isso aconteça. O governo garantiu as doses necessárias para todos, agora as pessoas devem se imunizar”, completou.

O número de pessoas completamente vacinadas contra a covid-19 nos Estados Unidos chegou a 105.523.520, ou o equivalente a 31,8% da população, segundo dados divulgados pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC). Os norte-americanos que tomaram apenas uma dose somam 147.517.734 milhões, ou 44,4% da população.

Considerando os norte-americanos acima de 65 anos, 38.128.161 milhões foram completamente vacinados, o que representa 69,7% do total, enquanto 45.297.502
milhões receberam ao menos a primeira dose da vacina, ou 82,8%.