Nissan reverte prejuízo e lucro soma US$ 1,044 bilhão no 1T21 fiscal

São Paulo – A Nissan reportou lucro líquido de 114,5 bilhões de ienes (US$ 1,044 bilhão) no primeiro trimestre fiscal de 2021, encerrado em 30 de junho, revertendo o prejuízo de 285,6 bilhões de ienes do período do ano anterior. Na mesma base de comparação, a receita subiu 71%, para 2,008 trilhões de ienes (US$ 18,314 bilhões).

Segundo a empresa, apoiada por condições de mercado favoráveis, a lucratividade avançou à medida que a Nissan continuou a melhorar o desempenho no mercado dos Estados Unidos e da China, e a qualidade das vendas em cada mercado.

A Nissan também fez uso eficaz de seu estoque e conduziu a produção estratégica durante o primeiro trimestre, o que minimizou o impacto da escassez de semicondutores e contribuiu para o lucro operacional, de acordo com a empresa.

A escassez de oferta de semicondutores deve ter um impacto significativo no volume de vendas da Nissan no segundo trimestre. A Nissan espera que o problema continue. No entanto, o volume de vendas contribuirá para o lucro operacional suportado pelo lançamento de novos veículos.

A Nissan revisou para cima suas projeções para o ano fiscal completo de 2021, e prevê uma receita líquida de 9,75 trilhões de ienes e um lucro operacional de 150,0 bilhões de ienes. A expectativa é por um lucro líquido de 60,0 bilhões de ienes, 120,0 bilhões de ienes acima da previsão anterior.