Negociações com autoridades argentinas estão progredindo, diz FMI

168
Bandeira argentina na Casa Rosada. (Foto: Nações Unidas)

São Paulo – As negociações entre o Fundo Monetário Internacional (FMI) e as autoridades argentinas na direção de um programa de apoio estão progredindo, mas ainda não há um prazo para que um acordo seja anunciado, disse o diretor de comunicação do organismo multilateral, Gerry Rice, durante coletiva de imprensa.

“Recentemente, uma missão do FMI esteve em Buenos Aires para discutir um novo aporte e houve muito progresso na definição dos elementos iniciais do programa econômico da Argentina. As conversas seguem ao passo que o governo argentino desenvolve seu plano”, afirmou ele. “É um engajamento fluído e construtivo”, acrescentou.

Segundo Rice, uma missão formada por membros do governo argentino deve ir a Washington para dar sequência a essas negociações. “Uma equipe da Argentina virá a Washington nos próximos dias e, embora o contato entre as partes seja constante, não há prazo para que um acordo seja anunciado”, disse.

Rice reconheceu os desafios enfrentados pela Argentina e afirmou que o programa econômico que está sendo desenvolvido pelo governo deve tentar mitigar os problemas exacerbados pela pandemia do novo coronavírus.

“Tanto o FMI como as autoridades argentinas compartilham a visão de necessidade de políticas equilibradas, de acabar com desigualdades e proteger os mais vulneráveis para que seja possível responder aos desafios da Argentina, que são muitos e foram exacerbados pela pandemia”, afirmou.