Moody´s aponta perspectiva negativa para setor de telecom no Brasil em 2021

A aquisição da Oi permitiria que as outras operadoras racionalizassem o mercado e aumentassem os lucros, diz o relatório

221

São Paulo – A agência de classificação de risco Moody’s reportou perspectiva negativa para o segmento de telecomunicações no Brasil no ano que vem, devido a estimativa de investimentos mais elevada que reduzirá a geração de caixa do setor, apesar das condições econômicas e de negócios mais favoráveis no país em comparação com outros países da América Latina.

Segundo a análise, as empresas do setor estão investindo cerca de 20% das receitas, para a expansão de redes, melhora da qualidade do sistema 4G e avanço do 5G, entre outras iniciativas.

“A aquisição da Oi permitiria que as outras três operadoras atuando no Brasil racionalizassem o mercado e aumentassem os lucros”, diz o relatório da agência sobre o setor.

A perspectiva negativa leva em consideração uma projeção negativa de ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) menos gasto de capital nos próximos 12 a 18 meses, sólido crescimento do consumo de dados e recuperação dos gastos em 2021, o que sobrecarregará a geração de caixa das empresas e o risco limitado de mudanças regulatórias abruptas no curto prazo, com os fundamentos regionais de telecomunicações sendo afetados pelos impactos da pandemia de coronavírus.