Moagem de cana na safra 2020/21 sobe 3,65%, a 564,9 mi toneladas

Levantamento quinzenal da União da Indústria de Cana-de-Açúcar mostra a produção das unidades do Centro-Sul até 1 de novembro

121

São Paulo – A moagem de cana-de-açúcar acumulada na safra 2020/2021 na região Centro-Sul alcançou 564,9 milhões de toneladas até o dia 1 de novembro, alta de 3,65% na comparação com o total registrado no mesmo período da safra 2019/2020, de acordo com a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

No período, a produção total de etanol foi de 27,09 milhões de litros, 8,80% menor na comparação com os 29,69 milhões de litros verificados no mesmo intervalo do ano-safra anterior. Do total produzido, 8,55 bilhões de litros referem-se ao etanol anidro, queda de 4,54%, enquanto o hidratado caiu 10,64% e alcançou 18,53 bilhões de litros.

A produção de açúcar subiu 14,4% na segunda quinzena de outubro, totalizando 1,74 milhão de toneladas, sendo que no mesmo intervalo da safra anterior, a produção da commodity havia atingido 1,52 milhão de toneladas.

Em relação ao mix de produção, 56,37% da matéria-prima obtida foi destinada à produção de etanol, enquanto os 43,63% restantes foram para a fabricação de açúcar.

Neste ano-safra, o Açúcar Total Recuperável (ATR) atingiu 144,89 quilos por tonelada de cana-de-açúcar, valor 4,30% maior na comparação com o mesmo período do ciclo 2019/2020.