Médicos em Berlim dizem que há indícios de envenenamento de opositor russo

222

São Paulo – Os médicos alemães acreditam que o opositor russo Alexey Navalny foi envenenado, com as primeiras descobertas clínicas apontando para inibidores da colinesterase, mas a substância concreta ainda é desconhecida, de acordo com comunicado do hospital Charite, em Berlim.

“Os médicos examinaram minuciosamente o paciente após sua chegada. Os resultados clínicos apontam para uma intoxicação por uma substância do grupo dos inibidores da colinesterase. A substância específica ainda não é conhecida, e uma análise mais extensa foi iniciada”, afirma a nota.

O hospital acrescentou que Navalny ainda estava em coma induzido. “O paciente está na unidade de terapia intensiva e ainda está em coma induzido. Seu estado de saúde é grave, mas no momento não há ameaça aguda para sua vida”, diz o comunicado.

Navalny começou a passar mal em um voo da Sibéria para Moscou na quinta-feira e foi levado a um hospital depois que seu avião fez um pouso de emergência em Omsk. Ele entrou em coma e foi levado para a Alemanha no sábado, depois que sua condição se estabilizou.