Marco legal das startups será votado a partir do dia 23 no Senado

165
Plenário do Senado Federal durante sessão deliberativa ordinária. (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Brasília – O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou na tarde desta terça-feira (9) após reunião de líderes, que a Casa votará a indicação de autoridades e outros projetos como o que define proposições digitais do governo e o marco legal de empresas startups na semana que se inicia em 23 de fevereiro. Além disso, os líderes também definiram que farão a instalação de comissões permanentes do Senado Federal, que serão realizadas de maneira semipresencial, inicialmente.

“Amanhã nós realizaremos uma pauta que está sendo definido e já comunicada a todos senadores e todas a senadores que na quinta-feira pretendemos fazer uma sessão de convite para o comparecimento do ministro de Estado da Saúde, General Pazuello, para que possa responder os questionamentos senadores em relação ao enfrentamento pandemia”, acrescentou o senador.

O presidente do Senado informou também que até o momento da vacinação as sessões deliberativas do Senado funcionará de forma semipresencial. Senadores acima de 60 anos ou com comorbidades deverão participar das sessões de forma remota.