Marco Aurélio nega liberdade de Moreira Franco

Marco Aurelio
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio. (Foto: Nelson Jr./STF)

Brasília – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, negou há pouco um pedido de liberdade da defesa do ex-ministro Moreira Franco, preso na manhã desta quinta-feira (21) após pedido de prisão preventiva da força-tarefa da Operação Lava Jato, informou o STF. O ex-ministro e o ex-presidente Michel Temer foram detidos ontem por envolvimento em um esquema de corrupção que envolveu a contratação de empresas para executar projeto na usina nuclear Angra 3.

De acordo com os investigadores, a Eletronuclear – estatal dona da usina Angra 3 – contratou a empresa AF Consult para executar um projeto eletromecânico na usina. A empresa finlandesa, porém, carecia de um parceiro brasileiro para executar o serviço, e se associou à Argeplan. As duas formaram a AF Consult do Brasil, empresa na qual a Argeplan tinha uma fatia de 49,9%.

Na decisão, Marco Aurélio arguiu que “não existe, juridicamente, requerimento a ver implementada ordem de ofício, cuja iniciativa é exclusiva do órgão julgador competente”, dando o entendimento de que a decisão de conceder habeas corpus seria do juiz da 7a Vara Federal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas.

Álvaro Viana / Agência CMA

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com