Maia espera posição de Bolsonaro antes de Câmara votar Enem

297
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, faz palestra na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ). (Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil)

São Paulo – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), indicou que prefere esperar um posicionamento do presidente Jair Bolsonaro a respeito do adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), mas vai colocar a suspensão das provas em pauta se não houver manifestação do Poder Executivo.

A suspensão das provas do Enem em razão do estado de calamidade pública, provocado pela pandemia do coronavírus, foi aprovada ontem no Senado por 75 votos a 1.

“Sobre o Enem, aguardo uma decisão do governo em relação ao adiamento. Caso o presidente não se posicione, a Câmara vai votar o projeto do Senado que adia a realização das provas e fazer a mudança pelo Legislativo.”, disse Maia em sua conta no Twitter.

“Mas, repito, espero que o governo decida antes, para não parecer uma medida do Legislativo contra o Executivo. O Congresso tem posição amplamente favorável ao adiamento”, acrescentou.